Rescisão Indireta de empregado municipal.

Um trabalhador de serviços gerais de uma Prefeitura, conseguiu na Justiça do Trabalho a rescisão indireta do seu contrato e o pagamento das respectivas indenizações. A alegação do empregado para garantir o reconhecimento de justa causa do empregador foi de que estava sendo descumprida obrigação do contrato de trabalho, com o atraso do salário mensal.
O Município justificou sua conduta alegando atrasos de repasse de valores do Estado.
Ao examinar o caso, a desembargadora entendeu que a situação tem suficiente gravidade, por se tratar de verba salarial e pela condição marcadamente hipossuficiente do trabalhador perante o ente público.

Saiba mais em: http://bit.ly/NoticiaCustodioLima_RescisãoIndireta

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *